Fatores de risco

 

Não ignore os fatores de risco. Quanto mais cedo você tiver o diagnóstico, mais rápido poderá agir para continuar saudável, agora e no futuro. É importante consultar um médico e fazer exames regularmente.

 

Diabetes tipo 1
Apesar dos avanços da medicina, ainda não há pesquisas conclusivas sobre os fatores de risco desse tipo de diabetes. A influência genética é a causa mais comum.

 

Diabetes tipo 2
De acordo com a Associação Americana de Diabetes, adultos com sobrepeso ou obesidade e que apresentam um ou mais fatores de risco, devem fazer exames de rotina. Adultos que não apresentam fatores de risco devem fazer os exames a partir dos 45 anos.

 

Fatores:

  • Histórico familiar
  • IMC (índice de massa corpórea) entre 25,0 e 29,9 (sobrepeso) e acima de 30,0 (obesidade)
  • Diagnóstico de pré-diabetes – diminuição da tolerância à glicose ou glicose de jejum alterada
  • Hipertensão
  • Colesterol alto ou alterações na taxa de triglicérides no sangue
  • Alguma condição de saúde associada ao diabetes (problemas cardiovasculares, doença renal crônica)
  • Diabetes gestacional
  • Síndrome de ovários policísticos
  • Distúrbios psiquiátricos
  • Apneia do sono
  • Uso de medicamentos que podem elevar a glicemia

Referências:

www.diabetes.org.br/para-o-publico/diabetes/fatores-de-risco-1 (acessado em 07/04/2017)

 

PNDT-003-03/2017